quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Estou sem esperanças e nem faço promessas

A vida é um caminho Que existe sem existir
O mundo é uma esfera que dá sempre várias voltas na mesma órbita
Eu sou eu Sempre com mesmo sentimento Mesmo caminho.

Sentimento que te entreguei sem te dar
Vida que vive sem sentir
Caminho percorrido sem recordações

É essa minha vida
Sem esperanças sem promessas,
só com lágrimas apenas.

Esperanças que fugiram
Promessas fingidas 
Só ando para não ficar parada

Penso que vivo porque tenho que viver
A agonia não pondera,
A alegria ainda sorri no fundo.

Só existe um livro para minha vida
Uma leitura para meus passos
Um pensamento para minhas acções.

Existe várias pessoas apenas para mim
Mas não são meus
Não as tenho, não consigo as ter.

Penso as ter mas não as tenho
Sou eu apenas com minhas lágrimas.

Essa é minha vida sem esperanças nem promessas
Apenas com lágrimas.

  

Artemisa Ferreira

Sem comentários:

Enviar um comentário