sábado, 22 de dezembro de 2012

Afunda


O sufoco tenso do órgão
Sufoca e enlouquece os membros,
o redondo rolo
que rola e enrola
suave desliza numa penetração pela boca,
o falo hirsuto desliza e penetra
garganta funda,
a ansiedade de sair e o querer ficar
resume-se em tesão,
quanto mais se penetra
o falo estica e endurece…
num encontro com o vómito
no silêncio dos gemidos
o grito da boceta
acende e acalma
o querer e o não querer
da garganta contra o falo.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

É kusé?

modi kim podi fla é amor?
modi kim podi fla é ka amor?
oras ki bu poi bu mó na di meu,
ki bu n'gosta boka na nha piskós bu da kel folgu suave,
ki pé di galinha ta labantam na korpo,
ki nhas ossos ta torna bus dentes,
ki nha pele torna bus lábios,
ki nha suor torna bus salivas?

kusé kim podi fla,
oras ki bu lebam na bus muskulos,
bu detam suave na bus nuvens
ki bu korri di riba pa baxu
bu korri di baxu pa riba
na nha deserto,
undi só bus beijos é soluson pa si sekuras?

flam é kusé,
oras ki bu modja nha jardim ku bu língua,
ki bu txupa suavemente néctar de nhas rosas
ki murgudjadu na desejus bu ta gemi dor de ternura
e grita sufoku de teson?

É kusé??

imagem

domingo, 2 de dezembro de 2012

SI, si

si bu palpal bu ta kumel
si bu txeral bu ta lembel
si bu pol lingua bu ta txupal
si bu pegal ka bu largal
si bu duspi é pa bu ka fika na friu
si biroti stika bu ta metel
si bu kumel ka bu dexal ku teson
pamodi rabadidja ku gana
é pior ki barriga ku fomi

imagem

kabadura


suave
fresco
morno
agre-doce
o branco que sai
à pele torna-se transparente
num salto um golo
num cesto uma fruta transforma

quando na boca entra
é sugado pela língua
quando na garganta desliza
os desejos florescem

imagem