terça-feira, 23 de julho de 2013

palhaçada

sobre as areias da madrugada
desfolhaste os meus eu's
esqueceste dos teus tu's,
escovaste meus póros
engoliste minhas seivas

na praia pela madrugada
de tanto entregarmo-nos
esquecemos do nascer do sol

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Homem dos SÁBADOS



O Eros que aguenta os céus
às tardes dos sábados entra pelo meu quarto
se tivesse uma cama, deitaria nela,
mas como roubaram as molas do meu colchão
ele aconchega entre os meus seios

Os sábados estão a diminuir
e os domingos a apontar
o delírio das minhas coxas a aquecer,
apertarei os seios entre seus lábios
e abrirei os quadris ao seu pau…. 

quarta-feira, 10 de julho de 2013

irreconhecível


Sabes do que eu não sei
sentes o que eu não sinto,
porque:
desconheço o poder dos meus lábios
o cheiro do meu corpo
o gosto do meu sexo
o calor da chama quando inflamas em mim
enfim...
sabes de mim mas do que aquilo que eu sei de mim...