terça-feira, 23 de julho de 2013

palhaçada

sobre as areias da madrugada
desfolhaste os meus eu's
esqueceste dos teus tu's,
escovaste meus póros
engoliste minhas seivas

na praia pela madrugada
de tanto entregarmo-nos
esquecemos do nascer do sol

Sem comentários:

Enviar um comentário