domingo, 18 de agosto de 2013

Na tarde

Vestida de gravata
sob o teclado dos dedos
servia como aperitivo a fogosa mousse,
regada de gozo, no chão da cozinha,
de escroto aos cachos
lambia a meada da sua bunda como um doentio mortal.

No sopro do vento as estações mudaram
o gosto dos favos rebolava entre os dentes
as bagas que cairiam sumiram pela barbela

Sem comentários:

Enviar um comentário