terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Entrega-me a ti

Empresta-me teu ouvido
preciso suspirar as gotas do desejo
que a tua aura ejaculou em mim

Entrega-me o teu todo
                                 Não falharei
Cuidarei com a mesma sede 
que teus toques beijaram-me a pele

Entrega-me o todo 
que tua presença o horto molha.

1 comentário: