domingo, 6 de março de 2016

...a ele



Longe a cabeça,
muitas vezes pensei em deixar-lhe
Sem inferir,
o feiticeiro coração alertou ao perigo

O jeito amargo de correr o murro contra a vulva
afoga a tempestade

O selvagem a vinho que ele encosta
faz a leveza voltar a vinagre

A certeza de lhe querer,
faz cada minuto com ele
tornar um infinito em mim

Sem comentários:

Enviar um comentário